terça-feira, 21 de março de 2017

LIGA DA JUSTIÇA # 01 (1987)

Após Crise nas Infinitas Terras, em 1987, a Liga da Justiça assim como todos os grandes títulos da DC Comics, seria reformulada. A revista ia de mal a pior, numa fase insossa em que o grupo era composto de membros sem carisma como Víxen, Gládio e Vibro, e tinha sede em Detroit.
Para funcionar, a Liga precisaria ter novamente os Melhores do Mundo: Superman e Batman lado a lado, Flash, Lanterna Verde (Hal Jordan) e Mulher-Maravilha. O único problema era que os grandes ícones da DC estavam passando por suas próprias reformulações, e os roteiristas responsáveis não os queriam em nenhuma equipe. Apenas o Homem Morcego foi liberado. Então, ao lado do Caçador de Marte, Canário Negro, Capitão Marvel, Sr. Destino, Besouro Azul, Gladiador Dourado, Sr. Milagre e o Lanterna Verde Guy Gardner, foi formada uma nova Liga.
Os roteiristas Keith Giffen e J.M. DeMatteis, além do expressivo ilustrador Kevin Maguire, garantiram o sucesso da publicação de forma inusitada e magistral, centrando-se nos relacionamentos explosivos e bem-humorados entre os heróis, com a ação em segundo plano. O humor heróico agradou e foi ganhando cada vez mais espaço. Entraram as novas heroínas Fogo e Gelo. A Liga ganhou status internacional, com embaixadas ao redor do globo. Surgiu a Liga da Justiça Europa e até a Liga da Justiça Antártica… a única certeza era de que as histórias provocariam sempre risos e mais risos.

#01