quinta-feira, 7 de junho de 2018

LEX LUTHOR E A NOVA LEGIÃO DO MAL

LEX LUTHOR e a Nova LEGIÃO DO MAL

SPOILER PARA A REVISTA “LIGA DA JUSTIÇA #1” (2018)


Todos os leitores das revistas da DC, em especial as da Liga da Justiça, devem ter notado o grande esforço da editora para resgatar Lex Luthor e tentar transformá-lo em um herói. Mas, aparentemente, o velho Luthor pode estar mostrando de novo suas ‘garras vilanescas’, ou pode haver uma outra motivação por trás de sua atitude.
Quem vai nos contar esta história é a equipe criativa formada por Scott Snyder nos roteiros, Mark Morales e Jim Cheung na arte, e a promessa é nos levar para um ‘novo e excitante’ caminho para a Liga da Justiça. Tudo começa logo após o final da minissérie “Sem Justiça” e da mega série “Metal”, que acabaram por fazer revelações chocantes, entre elas que o multiverso tem apenas mais um ano antes de expirar de vez!!
Ao final de “Liga da Justiça: Sem justiça”, Lex sai do grupo aparentemente inspirado pelo plano de Brainiac de reunir aliados improváveis (misturando heróis e vilões). Os motivos de Brainiac para fazer isto podem ser vistos aqui.
No caso de Lex, embora a Liga parecesse estar preparada para o que estava por vir, ele estava convencido de que deviam ser mais ativos e mais ambiciosos. por esta razão sai da Liga e reforma a Legião do Mal com a ajuda de ninguém menos que o Coringa. Uma das primeiras coisas que faz é matar (ou se preparar para fazê-lo), Vandal Savage. Um trabalho difícil, haja visto que Savage é imortal…
Savage havia reunido um grupo de homens da caverna deslocados no tempo com a finalidade de salvar a Terra de sua destruição inevitável. Mas, Lex Luthor estava convencido de que poderia fazer um trabalho bem melhor e Savage e sua ‘Gang da Injustiça’ atrapalhariam…
Notem que apesar de estar para fazer o que pretende, Lex ainda se apega ao fato de ser agora um herói. Claro que ainda não sabemos a extensão dos planos de Luthor ou quais seu objetivos, mas fica claro que ele acredita que o que está fazendo é o necessário e o correto a ser feito. Ao mesmo tempo não dá para entender o porque dele estar confiando no Coringa, um personagem que sabemos que é a própria definição do “Não confiável”…
Mas, louco ou não, Luthor é brilhante e há uma grande chance de sua escolha do Coringa e dos demais membros da nova Legião do Mal terem uma razão específica.

Enfim, a história reunindo Lex Luthor e a nova Legião do Mal, começa a sair esta semana (nos EUA é claro), e todos aqueles leitores que não quiserem esperar um ano para verem isto no Brasil, poderão ler on-line em algum site de que faz parte. Sempre que Luthor se volta contra a Liga da Justiça temos como resultado boas histórias e estas prometem que serão. Lembrem-se da promessa de Scott Snyder: “um novo e excitante caminho para a Liga”.
“LIGA DA JUSTIÇA #1” está disponível nas lojas esta semana (nos EUA)…